Marca especial Swiss Made – Estreias Artel Rotec

Existem poucos produtos preciosos no segmento de luxo básico – especialmente réplicas de relógios com movimentos proprietários e designs interessantes. A menos, é claro, que você seja a Artel Rotec, uma nova marca suíça fundada em Los Angeles, agora fazendo sua estreia na relojoaria com sua nova coleção V.
Esta nova coleção, que inclui o V1 com fundo vermelho, o V2 com estilo azul e o V3 em ouro rosa, é o resultado da Artel Rotec e seu parceiro de fabricação Swisstech na pequena cidade de Botyre, na Suíça. Em colaboração com a tecnologia suíça e seu renomado designer Rodolphe Cattin, a Artel Rotec desenvolveu a linha V e o movimento ART052 que impulsiona a coleção, um movimento automático com design proprietário que agora forma o coração da nova linha.
A Série V é uma coleção exclusiva de relógios que incorpora o que há de melhor em relojoaria com foco esportivo, qualidade artesanal e uso inteligente de materiais premium, como compostos de carbono forjado. Com um visual bruto e polido, a estética incomum dos relógios da Série V os torna o companheiro moderno ideal no pulso, com seu design leve e visual urbano apresentando um estilo perfeito para quem procura um relógio falso com desgaste poderoso e destemido e rasgar.
Com uma construção em composto de carbono forjado, este relógio resistente à água de 50m é muito leve e, ao mesmo tempo, pode atender a qualquer necessidade com um design esportivo apoiado na praticidade do dia a dia. A réplicas de relógios tem duas pulseiras padrão: uma pulseira de borracha FKM preta e uma pulseira de couro de bezerro prensado em nylon.
Sob o cristal de safira curvo com revestimento antirreflexo na parte interna, vemos parte do mostrador esqueletizado do relógio Série V, que revela o movimento ART052 em perfeita harmonia com o fundo da estética robusta. Os recortes fresados em CNC e a profundidade de várias camadas refletem o luxo esportivo do design, e o mostrador apresenta alguns detalhes de cores contra um visual preto fosco e metálico.
O mostrador tem uma grande data ao meio-dia, um indicador de reserva de marcha paralelo às 6 horas e um pequeno contador de segundos às 9 horas. O logotipo Artel Rotec está localizado no último quarto do mostrador, enquanto um par de ponteiros em forma de espada com marcadores superluminosos no centro corta tudo.
Virando o relógio falso da Série V, você pode ver uma exibição do movimento ART052 de fabricação suíça. Atraente em seu acabamento e qualidade, este movimento projetado internamente e montado à mão pode fornecer uma reserva de energia de 50 horas. Não há como negar que o relógio se tornará muito popular como outros modelos famosos.

réplicas de relógios

Testando o Great Breitling Avenger Chronograph 45 Night Mission

Quente! Esse é o tipo de boas-vindas que você recebe quando aparece usando o Breitling Avenger Chronograph 45 Night Mission. Este cronógrafo é um dos 14 modelos a serem lançados no outono de 2019 como uma coleção Avenger rejuvenescida e simplificada, incluindo as quatro réplicas de relógios que substituem a coleção Colt anterior.
Tanto entusiasmo pelo nosso relógio de teste! Isso se deve, sem dúvida, ao seu design esportivo e marcante, mostrador e pulseira verde exército e caixa revestida em preto, que dá ao relógio o nome “Missão Noturna”. Tudo nele exala força e robustez: a ampla luneta escalonada, os robustos botões de cronógrafo circulares, a grande coroa rosqueada com protetor de coroa, os impressionantes marcadores de horas e a pulseira de couro de bezerro com relevo industrial.
O local em si não é o fator decisivo para impressionar – apesar da largura do relógio de 45 mm e altura de 16,5 mm, nenhum dos tamanhos é muito pronunciado e, surpreendentemente, permanece confortável de usar. Graças à sua base lisa, pulseira de couro macio e fecho plano, o melhor relógio fica confortavelmente no pulso. Claro, o peso leve de 120 gramas desempenha um papel, devido ao uso de titânio da Breitling.
O acabamento escovado na caixa combina com o design militar geral do relógio de réplica. Há apenas uma pequena desvantagem: apesar do acabamento escovado, ainda é possível ver impressões digitais aqui e ali, e elas são mais desafiadoras para limpar o painel escalonado do que no design mais simples do gabinete.
Os pontos luminosos nos numerais, ponteiros e luneta giratória unidirecional brilham à noite, garantindo legibilidade por muitas horas. É tão fácil ler a hora à luz do dia quanto à noite – pelo menos aproximadamente, já que a faixa de minutos na borda do mostrador é excelente e não contrasta muito com o fundo verde cáqui escuro. Os ponteiros do cronógrafo cinza escuro também não têm contraste, então a legibilidade é um pouco reduzida aqui.
No geral, o acabamento é perfeito e projetado para a funcionalidade. Com resistência à água até 300 metros e uma luneta unidirecional e pontos luminosos, este relógio de piloto também pode ser usado como um relógio falso de mergulho. Em suma, este teste confirma nossas primeiras impressões. A réplicas Breitling criou um relógio esportivo robusto para uso diário, cujo design complementa sua função. O design, acabamento, conforto e facilidade de uso deste novo relógio são particularmente satisfatórios, sendo o único inconveniente a dificuldade de leitura do tempo decorrido.

Uma rápida olhada nos relógios sem cronômetro da Rolex

Como sabemos que a Rolex é a marca de relógios de luxo mais popular do mundo, provavelmente não é de surpreender que a gigante relojoeira suíça produz atualmente apenas relógios com certificação cronômetro. Desde 2015, todos os relógios Rolex têm a garantia de precisão de -2/+2 segundos todos os dias, e quase todos os modelos possuem a etiqueta oficial de certificação Super Chronometer no mostrador. No entanto, nem sempre foi assim. Por exemplo, vários dos primeiros relógios esportivos da Rolex não eram cronômetros. Pense no antigo cronógrafo Daytona e no antigo guarda pré-coroa Submariner. Além disso, alguns dos modelos mais antigos nos arquivos da réplicas Rolex nunca usaram movimentos certificados por cronômetro. Talvez surpreendentemente para alguns, alguns modelos mantiveram movimentos não certificados pelo COSC até meados dos anos 2000. De movimentos manuais a movimentos automáticos, vamos ver detalhes aqui.
Após uma década de produção do Submariner 14060, a Rolex o substituiu pelo Submariner 14060M, onde o “M” significa “melhorado”, referindo-se ao calibre 3130 mais recente que alimenta o relógio. No entanto, apesar do movimento atualizado, a primeira geração do Submariner 14060M ainda apresentava um mostrador de duas linhas. Possivelmente devido aos custos adicionais associados à submissão do movimento a testes de terceiros, o relógio Submariner 14060M de primeira geração não foi oficialmente considerado um cronômetro.
Eventualmente, o mostrador do Air-King ref. 5500 não ostenta as palavras “Superlative Chronometer Officially Certified”, mas sim “Precision” ou “Super Precision” como logotipo da marca. Embora não seja uma regra rígida e rápida, um mostrador de precisão geralmente indica que há um movimento 1520 na caixa, enquanto um mostrador Super Precision significa que há um movimento 1530 alimentando o relógio. Alguns dos primeiros 5500 modelos não tinham texto impresso na metade inferior do mostrador. Esses mostradores Air-King de pré-precisão são o design de mostrador mais limpo já proposto pela Rolex e são emblemáticos de um período anterior e menos prescritivo na história da Rolex.
Quanto ao tamanho e aparência simples, o Oysterdate Precision 6694 é semelhante ao Oyster Precision 6426, com o benefício adicional de uma janela de data às 3 horas – encimada por uma lupa Cyclops. A maioria dos relógios Rolex Oysterdate 6694 vem com mostrador preto ou prateado, mas também estão disponíveis exemplos em azul, champanhe e branco.
Como mencionado anteriormente, muitos dos primeiros relógios da Rolex não tinham um cronômetro certificado. Além disso, como já ilustramos, alguns relógios sem cronógrafo conseguiram permanecer em produção por muitos anos sem nunca terem recebido um movimento com classificação COSC. Embora os relógios Rolex sem certificação de cronógrafo possam não garantir o mesmo grau de cronometragem que seus equivalentes com classificação COSC, muitos colecionadores os preferem aos cronômetros.

réplicas de relógios

Este Singular Seiko Vintage Pontos de Referência para a incrível história olímpica do Japão

Foi um soco no estômago cumprir o desejo dos executivos de se tornar uma marca verdadeiramente global. Logo após os Jogos Olímpicos de Roma de 1960, a Seiko fez dos preparativos para os Jogos de 64 uma prioridade, com extensa engenharia, produção de muitos relógios, relógios e réplicas de relógios e um esforço de marketing completo para promover a Seiko em todo o mundo. Vale a pena ler a excelente análise de Anthony Kable, da plus9time, dos vários dispositivos de cronometragem envolvidos nas Olimpíadas de 64.
Embora valha a pena colecionar qualquer coisa relacionada à Seiko e aos Jogos Olímpicos de Verão de 64, há uma única referência que leva a medalha de ouro em termos de conveniência, e é o Seiko 5718-8000 Counter Chronograph. O que destaca este relógio é sua característica incomum de um contador de dois dígitos às 12 horas controlado por dois botões no lado esquerdo da caixa. O botão das 10 horas avança o contador em um dígito e o das 7 horas avança o contador em 10 dígitos completos. Esta é uma característica única, e o único relógio Seiko com esta complicação.
O 5718-8000 usa o primeiro movimento de cronógrafo da Seiko, o 5719, e adiciona a complicação a ele. 5719 é conhecido como o Cronógrafo da Coroa. De acordo com o livro “História do Seiko Quick Timer” escrito por Sadao Ryugo, não foi Toshihiko Ohki, o pai do Crown Chronograph, que acrescentou a complicação aos 5719 movimentos, criando assim o cronômetro olímpico, mas seu superior Tsuneyoshi Ono .
O relógio falso foi feito em números muito limitados. Os números exatos de produção não existem, mas o especialista Erik Strickland, dono de dois 5718 – a versão executiva com mostradores prateados e cinza – especula que havia cerca de 100 deles. Foi vendido apenas por 15 dias, então não haverréplicas de relógiosia uma grande produção.
Strickland tem duas execuções conhecidas, mas encontrá-las não será fácil.” Diligência e tempo – levou cerca de três anos para o conjunto de carvão – para verificar as buscas salvas e permanecer envolvido”, disse ele sobre sua caçada. , mas quando você está caçando um monte de coisas e aprendendo, o tempo não se arrasta.” Dois de seus exemplos foram filmados para esta história.
Para ele, a réplicas de relógios representa não apenas anos de busca, mas um dos designs mais cuidadosos da Seiko.” , preto no branco. Designers muitas vezes entendem isso errado. Além disso, sempre que você olha para ele, alguma mão polida, detalhes aplicados ou faixas angulares captam a luz. De certa forma, foi a grande ascensão do Japão no cenário global , e para a Seiko, foi o momento em que a marca se tornou a “Seiko do Mundo” como a conhecemos hoje.

réplicas de relógios

Rolex Datejust 116238 ouro amarelo 18k

Se o aço inoxidável simplesmente não é sua praia, por que não ir para o outro lado e escolher um Rolex Datejust de ouro maciço – um relógio que quase sempre dá um duro golpe no status daqueles ao seu redor. Se você quer ser rei e dominar seus pares, então um Datejust de ouro maciço é a maneira perfeita de expressar seu status.
Quando se trata de relógios totalmente em ouro produzidos pela Rolex, o mais famoso é sem dúvida o Day-Date, usado em uma luxuosa pulseira presidencial, feita de ouro maciço, este modelo é o mais significativo do mundo. Há uma razão pela qual a produção do Day-Date se restringe a metais preciosos – é uma parte importante de seu caráter. No entanto, o falso Rolex Datejust nunca pareceu fazer isso. Quase em dois tons, o Datejust assumiu o papel de um relógio confiável para o dia a dia, luxuoso o suficiente para fazer o usuário se sentir especial, em vez de ter ouro suficiente em sua caixa e pulseira para precisar de um guarda-costas toda vez que saía.
Com isso em mente, é um fato simples que a Rolex está se tornando cada vez mais uma marca de luxo global, e não apenas uma fabricante de relógios finos. Isso certamente será desagradável para muitos de vocês, e é especialmente preocupante se você valorizar a contribuição histórica da Rolex para a indústria de relógios mais do que o status concedido aos usuários de relógios da marca. No entanto, isso significa que exibições extravagantes de riqueza podem se tornar mais prevalentes no portfólio da Rolex.
Impulsionado pelo valor inerente do material, o valor dos relógios de ouro total é ainda menos provável de cair do que o dos relógios de aço inoxidável ou de dois tons. É certo que eles podem apreciar a uma taxa mais lenta ou menor do que seus irmãos de aço, mas o mercado acabará por ser mais estável e mais confiável devido ao valor inerente do próprio material. Se o mercado de réplicas de Rolex atingir o fundo do poço amanhã, você pode se sentir melhor com seu investimento em ouro maciço. Melhor ainda, o custo atual de compra dessas peças parece desproporcionalmente baixo em comparação com suas contrapartes de aço, compre-as usadas a um preço atraente e sinta-se bem com o fato de que esse peso pesado da relojoaria pode ser capaz de enfrentar qualquer onda econômica.
Tal como acontece com o ouro amarelo, os relógios de ouro branco maciço são desejáveis porque o próprio material mantém-se rápido através das flutuações do mercado. Quase surpreendentemente, a platina está atrasada em relação ao ouro nos dias de hoje, o que significa que um relógio Rolex de ouro branco é a maneira de rolar se você quiser seguir as últimas tendências.
Como o ouro, os relógios falsos de ouro branco puro são populares porque o próprio material pode permanecer estável através das flutuações do mercado. Surpreendentemente, a platina ficou atrás do ouro amarelo nos dias de hoje, o que significa que um relógio Rolex de ouro branco é o caminho a seguir se você quiser acompanhar as últimas tendências.

Luxo Rolex Daytona 116500 Bezel Cerachrom

Agora, deve-se notar que antes de 2016, a Rolex havia apresentado a luneta Cerachrom para outros modelos da linha Daytona, mas apenas em ouro maciço e platina. Embora sejam peças incríveis, elas também são luxuosas e fora da faixa de preço de muitos colecionadores. No entanto, esses primeiros modelos abriram caminho para o restante da coleção, pois foram as primeiras lunetas Cerachrom a serem feitas de uma única peça de cerâmica.
Muitos colecionadores pensaram que a Rolex lançaria um Daytona de aço inoxidável com uma luneta de cerâmica para o 50º aniversário da coleção em 2013, mas o modelo que estreou naquele ano era uma versão sólida de platina 950 com um impressionante mostrador azul-gelo e luneta Ceracrhom marrom. uma caixa Oyster de aço inoxidável de 40 mm com uma luneta cerâmica Cerachrom preta e uma pulseira Oyster de aço inoxidável, o novo Daytona é exatamente o que todos desejam em um cronógrafo Rolex.
No entanto, só porque o aço inoxidável e a cerâmica Daytona são muito mais acessíveis do que suas contrapartes de metal precioso, não significa que seja realmente mais fácil comprar no varejo. Hoje, mesmo quase cinco anos após seu lançamento inicial, o Ref. 116500 ainda é um relógio Rolex falso difícil de encontrar e adicionar à sua coleção. Mesmo no mercado secundário, onde ref. Os relógios 116500LN foram negociados do dobro para o triplo do preço de varejo, esses modelos Rolex Daytona ainda estão vendendo muito rápido.
O Rolex Cosmograph Daytona ref. 116500 possui uma caixa Oyster de aço inoxidável de 40 mm com uma coroa rosqueada Triplock com três zonas de vedação para garantir que a tecnologia de precisão interna seja protegida contra danos causados pela água até uma profundidade de 100 m. A caixa Oyster da Daytona também inclui um fundo robusto aparafusado e botões de cronógrafo aparafusados para evitar operações acidentais debaixo d’água. Rolex Daytona4fb26b255bd4819c7ab15d61d1421615-600×400
Ao contrário dos modelos Daytona anteriores, esta representação atual apresenta elos totalmente sólidos e elos terminais sólidos para um design robusto que é mais resistente ao alongamento e ao desgaste. Além disso, a pulseira externa de cetim e os elos centrais altamente polidos desta pulseira Oyster em aço inoxidável criam uma bela dimensão e estilo luxuoso perfeitamente adequados para trabalho, lazer ou esportes a motor.
O fecho do Rolex Daytona atualmente abriga o sistema de extensão Easylink proprietário da marca, que permite ao usuário estender instantaneamente a alça em aproximadamente 5 mm sem o uso de ferramentas. Embora não ofereça a mesma faixa de ajuste que o sistema de extensão Glidelock encontrado em vários modelos de réplicas de relógios Rolex, os 5 mm fornecidos pelo sistema Easylink são suficientes para garantir um ajuste adequado na maioria das atividades.

réplicas de relógios

Melhor Relógio de Piloto IWC Spitfire Automático

A IWC introduziu um novo esquadrão Spitfire em sua coleção Pilot’s Watches, que estreia em 2019. Pela primeira vez, o Pilot’s Watch Automatic Spitfire abriga em seu caso um movimento de corda automática do novo movimento de manufatura da Série 32000.
“Eu já vi este relógio em algum lugar antes?” Isso é o que você pode pensar quando vê o clássico Pilot’s Watch Automatic Spitfire pela primeira vez. E você não estaria errado, porque seu design foi inspirado no lendário Mark 11 de 1948.
No final da década de 1940, a IWC foi convidada pelo governo britânico a desenvolver um relógio especial para os pilotos da Royal Air Force. Foi equipado com o igualmente popular calibre 89 de corda manual da IWC, cuja caixa interna de ferro macio o protegia dos efeitos adversos dos campos magnéticos. O mostrador com design arrojado é legível durante o dia e à noite. Seguiu-se o Mark XII com movimento automático e exibição de data, mas os conhecedores tiveram que esperar até 1994 para sua aparição final.
Ladeado por dois pontos em um triângulo, isso foi emprestado de réplicas de relógios de um piloto histórico. Assegurou – e continua a garantir – um melhor posicionamento dos ponteiros do relógio em um cockpit escuro. O revestimento bege deste triângulo é um toque nostálgico no mostrador. O mesmo tom bege – e o mesmo sentimento nostálgico – se repete nos dois ponteiros principais, bem como nas três escalas usadas para exibir o quarto de hora, meia hora e três quartos de hora. Por outro lado, o revestimento luminescente verde brilhante nos ponteiros das horas e minutos e nos quatro indicadores é característico de réplicas de relógios IWC Pilot’s, que remontam pelo menos ao Mark 11.
O calibre de fabricação de corda automática 32110 da IWC é a mais nova adição a este relógio de piloto funcional. A série 32000 foi projetada como uma família de movimentos básicos com foco em robustez e confiabilidade. Como o movimento cronógrafo básico anterior, o 69000, esta nova peça foi projetada para substituir os movimentos de origem externa da ETA e Sellita. Como sugere o preço deste relógio falso, o novo movimento interno pode ser adicionado quase sem custo adicional.
A autonomia de longa duração é possibilitada pela tecnologia de movimento avançada. Entre outros novos recursos aqui, o movimento da IWC usa componentes de silício pela primeira vez. A roda de escape e a âncora são feitas deste material resistente ao desgaste e não magnético, mas infelizmente, a mola de cabelo não é, portanto, uma caixa interna de ferro macio ainda é necessária para fornecer proteção adicional contra campos magnéticos. Um lubrificante recém-desenvolvido prolonga a vida útil dos componentes.

Por que o problema da Rolex com American Psycho é mais profundo do que um maníaco empunhando uma motosserra

O romance se desenrola em um tom estilizado e frio, revelando Bateman como um assassino em série, necrófilo e canibal que ocasionalmente se alimenta das entranhas em decomposição de suas vítimas. Com trilha sonora de Huey Lewis and the News, os assassinatos de Bateman são realmente arrepiantes em sua depravação. Ele mata uma criança de cinco anos em um habitat de pinguins no Zoológico do Central Park e faz algo muito vil para uma prostituta que usa ratos famintos. Resumindo, esse é um cara muito malvado.
Claro, ajuda que a familiaridade da maioria das pessoas com o personagem se limite a este filme, uma comédia negra satírica sobre a superficialidade terminal da Nova York dos anos 1980. Mas a verdadeira razão pela qual Bateman se tornou um ponto de referência cultural foi que ele se tornou o primeiro garoto-propaganda de uma forma particular de narcisismo masculino.réplicas de relógios
“Existe um pouco de Patrick Bateman em todos nós”, pergunta o Sr. Porter em um artigo relacionado a “American Psycho: The Musical”? Eles não estavam se referindo às tendências homicidas dele também. Quando o livro foi lançado em 1991, o retrato de Bateman de um banqueiro de Wall Street foi um dos primeiros rostos masculinos com consciência de imagem a se tornar popular. Bateman malhou ferozmente (1.000 abdominais por dia) e seguiu religiosamente um regime de cuidados com a pele de nove passos. Embora seus rituais de autocuidado fossem exagerados ao extremo, o que eles mostravam na época foi um raro exemplo de um homem disposto a cuidar seriamente de sua aparência. Qualquer pessoa que já folheou o GQ ou Men’s Health sabe que hoje, não só é aceitável que um homem cuide de si mesmo, mas, até certo ponto, é o que se espera.
A manifestação mais óbvia de tudo isso é a obsessão mórbida de Bateman por marcas de estilistas. Ao longo do livro, mais de 36 marcas de roupas são mencionadas – só a Armani é mencionada 57 vezes. As roupas usadas por cada um dos personagens são constantemente listadas e usadas para justificar o materialismo raivoso de uma cultura em que o valor depende das aparências superficiais. American Psycho é um tratado impassível sobre o fetichismo da mercadoria. Isso nos lembra prontamente do relógio de Bateman.
Claro, isso tem que ser um Rolex falso, uma marca mencionada 26 vezes no livro, a terceira marca mais mencionada depois de Armani e Ralph Lauren. Mais especificamente, é um réplicas Rolex Datejust 16013, uma ótima escolha para o pulso listrado de um banqueiro dos anos 1980.
Recentemente, os relógios de dois tons passaram por uma espécie de renascimento. Sob a influência da nostalgia, seu brilho inerente mudou para o reino lúdico e irônico do cool vintage. Mas não se engane: eles não poderiam ter mais de 80 anos se estivessem usando um Walkman e Reebok Pumps.
No esquema de cores externas do Datejust, uma moldura dourada circunda um lindo mostrador de brocado, adicionando real profundidade e brilho. a pulseira Jubilee também funciona bem para Bateman, sendo mais elegante do que a pulseira Oyster padrão, um detalhe saliente de superioridade que ele inevitavelmente apreciaria.
Notoriamente, no entanto, a Rolex não ficou feliz com o posicionamento deste produto. Eles usaram a influência que apenas uma das marcas mais poderosas do mundo tem para encontrar uma maneira de remover o nome da marca do filme. Há uma cena no http://www.replicasrelogiosluxo.com/ livro em que Bateman está com duas prostitutas e diz a frase: “Não toque no Rolex”. No filme, a frase teve de ser alterada para “Não toque naquele relógio”.
Nada disso é culpa da Rolex. Muitas marcas são apanhadas por associações negativas – podemos pensar em como o chapéu xadrez da Burberry foi adotado como o capacete preferido pelos hooligans do futebol britânico na década de 1990. O fato de que os relógios Rolex são ícones de consumo conspícuo pode ser um ponto forte da marca, e não uma fraqueza. A natureza aberta desta declaração pode não agradar a todos. Mas mostra como a marca é indissociável da noção de sucesso moderno.
O problema com o Datejust de Patrick Bateman não é se ele tornará o Rolex o relógio preferido dos assassinos em série. A verdadeira questão é que seu estridente patrocínio da marca torna a Rolex a escolha lógica para o ultra-mercenário e materialista. Esse pode ser o preço inevitável do sucesso fenomenal da Rolex, mas como diz o velho ditado: pesada é a cabeça que usa a coroa.

réplicas de relógios

Os clássicos relógios Rolex Datejust

Existem incontáveis colecionadores que passaram anos esperando que os preços despencassem, mas eles nunca vieram. Lembra-se dos dias em que você podia comprar um Rolex Submariner “Hulk” falso que estava definhando na vitrine de uma loja por três anos por menos de US $ 5.000? Se você tropeçar em um buraco de minhoca hoje e se encontrar nessa situação, provavelmente comprará tantos exemplares quantos o revendedor estiver disposto a lhe vender. O preço das peças usadas também subiu devido ao aumento dos preços e à verdadeira escassez dessas peças no varejo. Embora possa doer ver os preços subindo constantemente diante de seus olhos, você não pode voltar no tempo e pode estar o mais confiante possível de que os preços dessas peças continuarão subindo.
Se o clássico réplicas Rolex Datejust é sua xícara de chá, o que você está esperando? Encontre um botão de sua preferência e aperte o gatilho. Se você se arrepender, o saque será o mais rápido e direto possível, e os clientes farão o possível para adquirir um pedaço do legado da coroa antes que ele finalmente acabe para sempre. Mesmo enquanto a Rolex responde às críticas da indústria sobre sua “escassez forçada” e traz mais de seus modelos modernos mais populares ao mercado, os relógios Rolex Datejust mais antigos são verdadeiros clássicos que nunca sairão de moda. há um calor envolvente nos relógios Rolesor Datejust do final dos anos 70 aos anos 80 – use-os e logo verá do que estamos falando.
O Reference 16200 é um dos modelos Datejust mais modestos, recatados e minimalistas já fabricados pela Rolex. Ele carece de todos os elementos definidores que tornam o primeiro relógio nesta lista de investimentos Top Datejust uma primeira escolha distante. Então, como esse modelo austero, a antítese do luxo infinito, se tornou o segundo melhor modelo?
Bem, só porque as pessoas são diferentes umas das outras. Uma pessoa acha o Rolex atraente, outra pode achar vulgar. Enquanto muitas pessoas cobiçam a coroa simplesmente por causa de seu nome, uma grande porcentagem dos clientes da Rolex continua muito voltada para o produto. Para clientes dessa natureza, função, durabilidade e talvez um pouco de sutileza fazem toda a diferença. Esses modelos são ótimos investimentos porque nunca saem de moda e sempre parecem certos, sejam quais forem as circunstâncias.
Há momentos em que um Rolesor ou um Datejust de ouro maciço podem parecer um pouco enfadonhos. Rolex Datejust totalmente falso em aço inoxidável, com moldura elegante, pulseira Oyster humilde e mostrador tradicional, são uma expressão de força silenciosa. Você tem os bens, mas não sente necessidade de gritar sobre isso. Você não hesitará quando chegar o momento, mas também não precisa de elogios ou atenção antecipada. Há uma razão para esse luxo oculto; é honroso, profissional e atemporal.

História de TAG Heuer

Em 1914, a TAG Heuer lançou seu primeiro modelo de relógio de pulso, ostentando a mesma precisão eréplicas de relógios confiabilidade de seus relógios de bolso. No entanto, eles continuariam a ser uma marca que se concentrava em relógios de bolso e cronômetros até a década de 1930. Uma década depois, a empresa começou a incluir o nome TAG Heuer nos mostradores de todos os produtos que fabricava. Isso ajudou muito a aumentar a popularidade da TAG Heuer, o que acabou levando a vendas mais altas e mais reconhecimento da marca.
A década de 1940 também trouxe muitas mudanças para a TAG Heuer. Foi durante essa década que eles optaram por intensificar seu jogo investigando outros relógios inovadores que atendiam a uma gama mais ampla de pessoas, como atletas, pilotos de jato, etc. Isso foi cimentado com a introdução do TAG Heuer Solunar, com os tempos solares e lunares usuais e mais recursos.
Desde então, a TAG Heuer continuou a criar réplicas de relógios inovadores e funcionais que se tornariam os pioneiros da coleção moderna. Alguns dos modelos famosos que eles produziram foram os relógios Seafarer, Solunagraph e Twin-Time.
A partir desse ponto, a TAG Heuer se concentrou em produzir o que eles faziam de melhor – cronógrafos, cronômetros e dispositivos de cronometragem de esportes motorizados. Em 1962, eles finalmente introduziram o cronógrafo TAG Heuer Autavia, que se baseava fortemente nos recursos dos relógios de corrida e de piloto anteriores da TAG Heuer. Este foi o primeiro modelo do que hoje é conhecido como a coleção Autavia, e em 1963 eles lançaram o TAG Heuer Carrera, que se inspirou na emoção e na emoção das corridas.
Nos anos seguintes, a réplicas da TAG Heuer consolidou ainda mais sua reputação no automobilismo, patrocinando a equipe Ferrari Formula One. Isso fez da TAG Heuer a primeira marca não automotiva a ser apresentada no veículo de Fórmula Um. Com o passar do tempo, a TAG Heuer continuou a deixar sua marca no mundo das corridas enquanto se esforçava para criar relógios clássicos e de vanguarda. 1979 viu o eventual lançamento de seu catálogo dedicado a relógios falsificados de mergulho, o precursor da coleção Aquaracer de hoje.
Desde então, eles têm sido capazes de criar relógios que capturam perfeitamente a essência do movimento e da complexidade. Muitas pessoas viram e reconheceram o progresso, desenvolvimento e décadas de compromisso da TAG Heuer com o artesanato suíço. Claramente, a LVMH compartilhava dos mesmos sentimentos, e é por isso que adquiriu oficialmente a TAG Heuer em 1999.
Em 2021, a marca tinha sete coleções em produção ativa, nomeadamente as seguintes: TAG Heuer Connected, TAG Heuer Carrera, TAG Heuer Fórmula 1, TAG Heuer Aquaracer, TAG Heuer Monaco, TAG Heuer Autavia e TAG Heuer Link.